domingo, 17 de janeiro de 2010

Palavras que matam...

Ai que dor no meu coração, pois lembro que a mesma boca que abençoa é a mesma que amaldiçoa.

Descobri que o homem e a a mulher só pode me dar o julgamento, a calúnia e a acusação. Ah onde está o amor em nossos corações? Onde está o verdadeiro manamento de Jesus Cristo de amor uns pelos outros?

Descobri que o homem e a mulher me dão oportuniades de crescer e fazer um trabalho especifico, porém após dias árduos, correrias, choros e tudo pronto, essas mesmas pessoas me tiram tudo. Ah cadê a palavra, sim sim ou não não?

Descobri que o homem e a mulher são os mesmos que me ajudam a levantar, mas também na primeira oportunidade, como se fosse algo mais natural do mundo, com palavras que matam, sem pensar, jogam tudo na cara. Ah porque pessoas assim ainda ajudam os outros?

Descobri que o homem e a mulher guardam muitas coisas em seus corações, tanto coisas boas como ruins. Mas existe uma diferença, as coisas boas que ficam tão bem guardadas e acabam se escondendo em sentimentos inuteis, agora as ruins ficam matutando, o ser humano na verdade é uma máquina, dentro de si acaba gerando grandes conflitos, por medo daquilo que as pessoas vão achar ou pensar, tudo isso de ruim fica guardado e sai na hora errada e com as pessoas erradas, isso acontece na maioria das vezes com os mais próximos. Ah cadê o amor?

Eu hoje me prgunto o que é o verdadeiro amor, o que é a verdadeira família, o que é a verdadeira igreja, o verdadeiro amigo, a verdadeira amizade, a verdadeira vida, para tudo isso um ponto de interrogação.

Palavras que mataram meus sonhos.

Senhor Jesus eu preciso de Ti, me ajudar a levantar e ressuscitar todos os meus sonhos se o Senhor ainda me ama.

Ana d'Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário